Por Mario La Gatto - 15/04/2012 - 16:31

Contagem regressiva

River: alegre e solidário

 

 

Depois da inexplicável derrota contra Atlanta, em Liniers, pela B Nacional, River voltou ao caminho do triunfo. Primeiro, derrotou 2x1 a Quilmes pela Copa Argentina; depois, superou 2x0 a Huracán, outra vez pela B.

O jogo com Atlanta teve coisas estranhas: 1) El Millo jogou mal e perdeu em um estádio onde costuma ser local; 2) O maior mérito do rival foi converter a única chance de gol que teve, e ter conseguido anular o ataque de River; 3) Cavenaghi, goleador de River, e do campeonato, perdeu um pênalti, algo raro de acontecer.

O de Lorefice foi um golaço, mas havia 6 jogadores de River apenas olhando o que faziam os 4 de Atlanta. Lorefice teve todo o tempo do mundo para receber, acomodar e chutar a bola sem ser molestado. Se nossos defensores deixam nossos rivais jogarem tranquilos desse jeito, sempre vamos tomar gols assim.

Não concordo com certos comentaristas, sejam puxa-sacos oficialistas, ou nobres colegas da LPM: o pênalti sofrido por Trezeguet foi claro e legítimo: a) Quiles segurava nosso homem desde antes de este receber a bola, e somente se afasta depois de desequilibrar o jogador millonario; b) o árbitro Echenique estava a poucos metros da jogada e sancionou o pênalti sem hesitação; c) o erro de Cavenaghi pode acontecer com qualquer um e não invalida a sanção – mas ele devia ter deixado o franco-argentino chutar.

De volta ao triunfo, não há tempo para descansar: já estamos na conta regressiva para o confronto do próximo sábado com Instituto, atual líder do torneio. Trata-se de jogo decisivo: La Banda não apenas “não pode perder”, como se costuma dizer, mas tem a obrigação de ganhar.

Incluída a próxima batalha contra Instituto, faltam somente 9 rodadas para o fim do campeonato, e 4 pontos ainda nos separam do líder. Se River quiser confirmar que é sério candidato ao título, este é o momento.

 

 

Últimos videos

Último Partido
River Plate vs. San José de Oruro
Copa Libertadores 2015
15/04/2015 - 19:45 hs
Torneo AFA 2015
1
Belgrano
Belgrano
22
2
Rosario Central
Rosario Central
22
3
San Lorenzo
San Lorenzo
21
4
Boca Juniors
Boca Juniors
21
5
River Plate
River Plate
21
Ver todas las estadísticas
COPA LIBERTADORES 2015
1
Tigres
Tigres
14
2
River Plate
River Plate
7
3
Juan Aurich
Juan Aurich
6
4
San José
San José
4
Ver todas las estadísticas
Encuesta
¿En lugar de quién debería jugar el Pity Martínez para ser titular de manera más constante?
Ver todas las encuestas
River campeon copa sudamericana
Contagem regressiva - River Plate - La Pagina Millonaria - Sitio 100% No Oficial
Por Mario La Gatto - 15/04/2012 - 16:31

Contagem regressiva

River: alegre e solidário

 

 

Depois da inexplicável derrota contra Atlanta, em Liniers, pela B Nacional, River voltou ao caminho do triunfo. Primeiro, derrotou 2x1 a Quilmes pela Copa Argentina; depois, superou 2x0 a Huracán, outra vez pela B.

O jogo com Atlanta teve coisas estranhas: 1) El Millo jogou mal e perdeu em um estádio onde costuma ser local; 2) O maior mérito do rival foi converter a única chance de gol que teve, e ter conseguido anular o ataque de River; 3) Cavenaghi, goleador de River, e do campeonato, perdeu um pênalti, algo raro de acontecer.

O de Lorefice foi um golaço, mas havia 6 jogadores de River apenas olhando o que faziam os 4 de Atlanta. Lorefice teve todo o tempo do mundo para receber, acomodar e chutar a bola sem ser molestado. Se nossos defensores deixam nossos rivais jogarem tranquilos desse jeito, sempre vamos tomar gols assim.

Não concordo com certos comentaristas, sejam puxa-sacos oficialistas, ou nobres colegas da LPM: o pênalti sofrido por Trezeguet foi claro e legítimo: a) Quiles segurava nosso homem desde antes de este receber a bola, e somente se afasta depois de desequilibrar o jogador millonario; b) o árbitro Echenique estava a poucos metros da jogada e sancionou o pênalti sem hesitação; c) o erro de Cavenaghi pode acontecer com qualquer um e não invalida a sanção – mas ele devia ter deixado o franco-argentino chutar.

De volta ao triunfo, não há tempo para descansar: já estamos na conta regressiva para o confronto do próximo sábado com Instituto, atual líder do torneio. Trata-se de jogo decisivo: La Banda não apenas “não pode perder”, como se costuma dizer, mas tem a obrigação de ganhar.

Incluída a próxima batalha contra Instituto, faltam somente 9 rodadas para o fim do campeonato, e 4 pontos ainda nos separam do líder. Se River quiser confirmar que é sério candidato ao título, este é o momento.

 

 

Últimos videos

Último Partido
River Plate vs. San José de Oruro
Copa Libertadores 2015
15/04/2015 - 19:45 hs
Torneo AFA 2015
1
Belgrano
Belgrano
22
2
Rosario Central
Rosario Central
22
3
San Lorenzo
San Lorenzo
21
4
Boca Juniors
Boca Juniors
21
5
River Plate
River Plate
21
Ver todas las estadísticas
COPA LIBERTADORES 2015
1
Tigres
Tigres
14
2
River Plate
River Plate
7
3
Juan Aurich
Juan Aurich
6
4
San José
San José
4
Ver todas las estadísticas
Encuesta
¿En lugar de quién debería jugar el Pity Martínez para ser titular de manera más constante?
Ver todas las encuestas
River campeon copa sudamericana